top of page

Casamento em crise e quarentena: o que fazer?


A convivência entre marido e mulher sempre tem seus momentos de alegria e de tensão, mas o ritmo do dia a dia facilita administrar as contrariedades. Com todas as correrias que temos, conseguimos colocar de lado e até mesmo adiar as questões que precisam ser resolvidas, esperando encontrar a oportunidade mais adequada.


Mas estamos em quarentena! Desde 24 de março, em São Paulo pelo menos, muitos estão obrigados a ficar em casa 24 horas: convivência intensa, espaços restritos e desafios inesperados. Somando isso tudo, um casamento em crise pode se tornar insuportável. O que pode ser feito?


Na minha experiência de acompanhar casais em crise, isso há mais de 14 anos, sempre observei que nos momentos mais humanamente impossíveis de serem administrados muitos casais encontravam juntos uma luz no final do túnel.


Há momentos em que a casa cair é a melhor oportunidade para reorganizar os pensamentos, os sentimentos e reconstruir novamente a própria casa.


Parece conversa de padre, mas se você parar para pensar poderá concordar comigo. No dia a dia, muito casamento em crise não é enfrentado. É como aquele homem que não gosta de ir ao médico. Vai ignorando pequenos sinais do seu corpo, vai levando assim até que tem um treco, perde o controle e é socorrido. É verdade que alguns desses senhores não resistem, mas muitos dos que sobrevivem recomeçam a vida do jeito certo.


Se você está num casamento em crise, mas ambos desejam com sinceridade sair dessa crise, eu aconselho algumas coisas. Nada aqui é fórmula mágica, infelizmente não as tenho, mas o que compartilho é fruto do acompanhamento direto de inúmeros casais.


Nem tudo pode ser praticado do dia para a noite, mas tentar não custa. Aliás, tentar muitas vezes é o primeiro passo para alcançar. Nos itens destacados, você poderá ler outros artigos relacionados ao tema.


Desejo a você que este tempo de quarentena lhe ajude a reconquistar a alegria do seu casamento. Grandes tempestades podem trazer dias lindos. Assim faz a natureza, assim nós também podemos fazer. Enquanto a natureza pode parecer obra do acaso, nós temos condições de mexer um pouco no que somos e influenciar as pessoas ao nosso redor.


Já vi grandes transformações na vida de casais, principalmente quando achavam que estavam diante do fim. Deus sempre pode mais! E Deus sempre abre novos horizontes onde o ser humano não vê possibilidades.


Se este texto lhe ajudou, deixe um comentário, faça sugestões e lembre-se de encaminhar para outras pessoas que tanto precisam.

230 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

A paz mora nos pensamentos | Alguns cuidados

Veja as principais dicas para que seus pensamentos sejam morada da paz. Há uma tendência a se esperar que a paz venha até nós. Por isso, imaginamos que quando tal coisa acontecer ou se conseguirmos es

Remédios para a desconfiança conjugal. Algumas sugestões.

Descubra o que fazer para recuperar a confiança no relacionamento. As redes sociais, os noticiários e mesmo a cultura em geral parecem surfar e ganhar notoriedade às custas do sofrimento que decorre d

3 Comments


Bom dia padre Cleiton gostei muito do texto . Com a graça de Deus eu e meu esposo já estamos casados à 24 anos e dia 30/12 completaremos 25 anos de vida matrimonial. Já passamos por muitas provações mas com a proteçao de Deus e a intercessão de Nossa Senhora nos amparou e hoje somos mais unidos ainda. Temos 3 filhos e 2 netos . Obrigada por tudo

Like

Obrigada, padre Cleiton. As suas postagens sobre casamento tem me ajudado muito, estou passando por uma grande crise.

Like

Na minha opinião, muitos casais não aprenderam a se ceder um para outro. Neste momento que estamos passando, a mulher na MAIORIA das vezes está muito sobrecarregada em casa (com tudo e todos) e o maridão (nem todos), não cede o tempo dele pra ajudá-la. Em vez de dividirem tarefas e responsabilidades como casal, sem dizer que muitos moram com outras pessoas (parente) na mesma casa e acaba não sobrando tempo e nem clima pra se curtirem... namorar....Agora quando o casal tem espiritualidade e entendimento com Deus, enfrentam este momento com mais calmaria. Com certeza.

Like
bottom of page