A ARTE DE ESCUTAR: DIFERENCIAL DO EMPREENDEDOR


Tópicos do artigo:

  • Profissionais e profissionais

  • Dialogar não é tagarelar

  • Os benefícios da escuta

  • Do que necessitamos para escutar?

Profissionais e profissionais

Há bons profissionais que “entregam” o produto ou serviço prometido, mas ninguém pode discordar que o profissional que deixa sua marca é aquele que sabe conversar com seus clientes.

Pense nas últimas consultas com médicos, nos últimos reparos em seu carro ou mesmo nas mais recentes experiências com outros serviços: você se sentiu melhor com aquele que soube dialogar melhor com você.

Dialogar não é tagarelar

O mesmo se aplica ao empreendedorismo. Dialogar bem não é tagarelar e cansar o interlocutor, nem se calar quando este espera uma palavra.

Dialogar é envolver-se com o outro, respeitando seu espaço físico e existencial e acolhendo-o. Isso somente acontece quando se sabe escutar.

Ouvir é ser afetado por sons, escutar é prestar atenção. Ouvir é não ter problema de audição, escutar é abrir-se para a comunhão, para a comunicação com o outro.

Os benefícios da escuta

É da escuta atenta aos seus colaboradores, clientes e demais pessoas com quem convive que o empreendedor saberá identificar novas demandas, novos modos de atender e principalmente qual é o valor que seus clientes querem perceber em seu serviço ou produto.

Empreendedor que sabe escutar está muito a frente dos seus concorrentes. Empreendedor que sabe escutar reconhece caminhos nos desafios e insights nos momentos de impasse. Empreendedor que escuta não apenas faz sucesso, mas seu sucesso é duradouro.

Do que necessitamos para escutar?

Quais são as exigências mínimas para saber escutar e fazer a diferença? Segundo Francesc Torralba, em sua obra El arte de saber escuchar, são 6 as condições da escuta e você poderá identificar o quanto essas atitudes estão presentes na sua jornada de empreendedor.

  • Depurar os preconceitos

  • Oferecer tempo

  • Desinflar o ego

  • Fazer silêncio

  • Discernir

  • Escutar com bondade