O QUE POSSO FAZER NOS DIAS TRISTES?


O que posso fazer nos dias tristes?

Dias de sol e dias tristes

Se você gosta de calor, sol e atividade fora de casa, os dias de verão fazem você se sentir feliz pelo simples brilho do sol. Aí você aproveita para fazer várias coisas, se sente super animada e parece que o dia estava realmente esperando por você. Mas, de repente, é um dia de inverno, parece que o sol deixou de existir e você cai numa angústia imensa. Não apenas o céu está cinza, o seu dia está cinza. Que fazer?

Há dias em nossas vidas que nos sentimos entusiasmados e pouco saberíamos explicar por que sentimos tanta energia. Como também há dias em que, se pudéssemos, nos esconderíamos de todos, até de nós mesmos. Para esses dias difíceis, dias cinzas no céu do coração, precisamos nos preparar. Preparar-se para dias tristes? Como alguém se prepara para isso?

A diferença entre emoções e atitudes

Para isso, precisamos distinguir as coisas que se passam em nós, se no coração ou na cabeça, pouco importa, ambos estão em nós mesmos... Precisamos separar as emoções das atitudes.

As emoções são aqueles impulsos de alegria ou tristeza, de conexão com a vida ou desconexão que podem nos mover ou nos paralisar. Há momentos de tristeza que sabemos bem por que estamos tristes: a morte de uma pessoa querida, o fim de um relacionamento, o desligamento de um trabalho. Mas há momentos cinza que nem conseguimos entender o porquê.

As emoções são como gasolina no carro, como óleo no motor, como eletricidade na bateria. Elas dão as condições para fazermos muitas coisas, mas precisamos de uma atitude. A atitude seria como dar partida no carro, é aquele esforço de dar uma ligada na chave ou até quando a bateria está sem energia nenhuma, você pode dar um tranco, engatar a segunda e tentar prosseguir a viagem...


Como preparar-se para os dias tristes

Legal, essa comparação ela faz a gente entender a diferença entre as emoções e as atitudes. Talvez o reservatório das suas emoções mais alegres esteja baixo. [Outra hora conversaremos sobre a importância das emoções “ruins” e como elas podem enriquecer nosso processo de autoconhecimento.] Mas com qual atitude você vai dar partida e por seu dia em movimento? Vamos dar um tranco nessa tristeza aí?

Isso significa preparar-se para os dias tristes: quando você estiver triste e desanimada, qual atitude você poderia tomar para dar partida no seu dia? Por exemplo, nos dias em que você se sentir pra baixo, uma atitude importante seria não se isolar ou ouvir uma rádio diferente, fazer uma caminhada ou telefonar para alguma pessoa com quem não fala há muito tempo.

Ainda mais: pensa na importância de num dia assim tentar rezar com mais intensidade, ler com mais calma uma passagem da Bíblia ou rezar o terço, por exemplo. Às vezes, a simples lembrança da fé dos nossos pais e avós já nos encoraja a não deixar a peteca cair.

Nesse sentido, a atitude seria essa reação mais planejada do que simplesmente a emoção de sentir-se triste ou desanimada. Você já fez algo parecido? Em um dia que teria tudo para ser péssimo, uma atividade diferente ajudou você a passar o dia com um pouco mais de serenidade? O que você costuma fazer quando não amanhece nos seus melhores dias?


Participe do nosso grupo do terço

Todas as quartas, quintas e sextas-feiras, ao meio dia, nos reunimos no meu canal no Youtube para rezar o terço em famílias: FAMÍLIAS REZANDO PELAS FAMÍLIAS. Aqui está o link do terço de quarta-feira dia 23 de setembro. Se você se inscrever no canal e acionar o sino, vai receber todas as notificações.

CVS LIVROS E CONHECIMENTO (CNPJ 37.107.917/0001-08)

R. Manoel Sanches Grilo, 191, Mogi das Cruzes (Prazos de entrega conforme divulgado em cada produto)