top of page

O que é ser dizimista? Uma curiosidade que talvez você não saiba

Entenda exatamente o que é ser dizimista e cresça na sua vida espiritual.

 

“Padre, trocando em miúdos, o que é ser dizimista?” Assim me perguntava um jovem há alguns anos e desde aquele momento tenho procurado falar sobre o dízimo “trocando em miúdos”, com simplicidade e sem enrolação.

O dízimo é sinal de pertença à comunidade

Só entende a importância do dízimo quem se sente parte da comunidade porque ele é sinal de sua comunhão com aquela comunidade. Nela você participa, com ela você caminha e dela você recebe sustento espiritual para sua caminhada. Porque você faz parte da comunidade, estender as mãos para que ela possa continuar sua missão não é um peso, mas uma alegria.

Quanto mais uma pessoa amadurece na fé, mais ela se sente parte daquela comunidade e não lhe vira as costas diante das inúmeras dificuldades que cada comunidade experimenta. Sua oferta do dízimo é como uma mensagem: estou aqui, conte comigo!


O dízimo é dar condições para que o Evangelho vá ao encontro das pessoas

Mais do que ajudar a pagar as despesas comuns da sua comunidade, o dízimo é o que permite ter as melhores condições para que o Evangelho chegue às pessoas. É o seu dízimo que sustenta desde a formação de padres e tantos missionários até mesmo o apoio a comunidades mais carentes. Muito mais do que apoio financeiro, o seu dízimo é sustento para que a evangelização nunca se interrompa.

Quando você oferece seu dízimo, seu dízimo sustenta a evangelização e você consolida ainda mais sua vocação para anunciar o Evangelho. Quando você descobre que parte do que entra na sua comunidade é direcionado a uma rede de solidariedade de estruturas que organiza a evangelização na sua Diocese, em comunhão com todo o Brasil e com o Papa, você sente uma imensa alegria.

Caso você não saiba, nossa comunidade está unida a uma Paróquia, nossa Paróquia está unida a uma Diocese e todas as Dioceses no Brasil participam de um projeto de solidariedade chamado “Comunhão e Partilha” em que 1% da renda comum das Dioceses é destinado às Dioceses mais carentes. O seu dízimo alcança aquela comunidade mais distante e sem recursos. Com o seu dízimo você permite que lá o Evangelho também seja anunciado!


O dízimo com as motivações certas é sempre testemunho de fé

Se você oferece seu dízimo conforme sua consciência e como ato de louvor a Deus, seu dízimo é um testemunho de fé. Sim, o testemunho de fé acontece quando diante das perseguições não negamos nossa fé em Cristo, mas também acontece na rotina da nossa vida quando nos organizamos para retribuir a Deus um pouco do tanto que Dele recebemos.

O seu dízimo fiel, generoso, consciente e perseverante

é um grande testemunho de que você ama Deus

com todo coração, de toda alma e inclusive a partir do seu bolso,

disciplinado e organizado.


Faço a você este convite: experimente a alegria de ser dizimista, reze, peça a Deus luz em seu coração e faça um propósito de oferecer um valor mensal à sua comunidade, lá onde você frequenta e alimenta sua fé. Procure o Padre da sua comunidade, a Secretaria da Paróquia ou a Equipe de Pastoral do Dízimo e inicie essa caminhada de comunhão e partilha. Depois, pode contar por aqui seu testemunho.

Deus abençoe você!


Padre Cleiton Viana da Silva, da Diocese de Mogi das Cruzes (SP), com mais de 18 anos de sacerdócio tem se dedicado a assessorar a Pastoral do Dízimo. Doutor em teologia moral pela Academia Afonsiana (Roma) é autor por Paulinas Editora de várias obras. Confira aqui seus livros por Paulinas Editora. Clique aqui.

Também no YouTube se dedica a popularizar formação para a Pastoral do Dízimo, com diversos vídeos de apoio às equipes. Confira os vídeos clicando aqui.

310 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page