Envelhecimento também é oportunidade de negócios

Atualizado: Jul 30


Todo empreendedor deve ser um farejador de necessidades e demandas. Além de farejar e detectar, deve também elaborar estratégias para atender essas demandas. Se dispõe de informações sobre essas demandas, então poderá fazer a diferença no cenário em que atua.



Uma demanda crescente

A população idosa no Brasil, isto é, a população de pessoas com 65 anos ou mais tem crescido muito em nosso país, acompanhando a tendência mundial. Aumentando essa população, aumentam também demandas e oportunidades tanto para o empreendedorismo privado como social.


Os números desta população indicam por si só como surgem inúmeros desafios e oportunidades. Em todo o país, a população de idosos corresponde a 9,83%, ou seja: 20.754.541 para um total de 211.134.704 habitantes!


No estado de São Paulo, localização em que eu me encontro, a população de idosos corresponde a 10,82%, ou seja: 4.993.220 para um total de 46.148.066 (números do dia de hoje, 17 de fevereiro, por volta das 8:20 da manhã). Qual a população de idosos em seu estado? Vale a pena pesquisar os números: https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/


Identificar demandas, superar estereótipos

Acompanhar o crescimento da população idosa, detectar suas necessidades e demandas serão elementos essenciais para o contínuo desenvolvimento de nossa sociedade.


Algumas demandas dessa população são mais evidentes que outras; às vezes, também prevalecem o preconceito e o estereótipo, por exemplo, quando frequentemente os idosos são retratados como inativos e isolados, contrastando o número crescente de idosos em atividades esportivas e conectados com o mundo virtual.


Entre tantas demandas, penso que duas são essenciais e podem fomentar muitas ideias para o empreendedor, seja privado seja social.


A autonomia dos idosos e a responsabilidade dos filhos

À medida que os anos avançam, recua um pouco a autonomia dos pais em relação a seus filhos. Não é assim? Chegam momentos em que os filhos sentem que devem intervir mais no dia a dia dos pais, ao mesmo tempo em que os próprios pais se sentem cerceados em sua liberdade. Como podemos gerenciar este período em que os pais não são totalmente dependentes dos filhos, mas requerem pela própria condição um pouco mais de cuidados?


As desigualdades do envelhecimento

Nossa vida é composta de vários fatores: sociais, físicos, financeiros, afetivos e culturais. Tudo isso influencia no envelhecimento e muitas coisas que não foram consolidadas ao longo da existência, no processo de envelhecer podem se agravar ainda mais. Não podemos ignorar esses fatores. Eles são essenciais para compreender por que o envelhecimento pode ser momento de liberdade e satisfação para uns ou insegurança e pesar para outros.


Conhecer para empreender


Leia mais! Conheça o livro ENVELHECIMENTO E SOCIEDADE (ebook), nele você terá acesso a um panorama sobre o envelhecimento que é fruto da minha tese de doutorado pela Academia Afonsiana em Roma. Veja alguns assuntos deste livro:

  • Envelhecimento no Brasil: um novo desafio

  • Questões sociais do envelhecimento

  • Os direitos da pessoa idosa no Brasil

  • Culto da eterna juventude e imagem social do idoso

  • A vulnerabilidade nas situações-limite: enfermidade, sofrimento e morte

  • Exigências éticas para cuidar do idoso


Leia também! CUIDAR DOS PAIS IDOSOS: ALGUNS CONSELHOS ESSENCIAIS

CVS LIVROS E CONHECIMENTO (CNPJ 37.107.917/0001-08)

R. Manoel Sanches Grilo, 191, Mogi das Cruzes (Prazos de entrega conforme divulgado em cada produto)