Como desenvolver um bom hábito de leitura?


Uma mulher sentada no sofá, com um livro na mão e sorrindo dando a impressão de estar contente com sua leitura.
Como desenvolver um bom hábito de leitura

Frequentemente as pessoas me falam que gostariam de ler mais, mas lamentam ter pouco tempo. Precisam fazer muitas coisas, desempenhar tarefas que ocupam muito do seu tempo e quando conseguem parar não têm cabeça para se concentrar. E sempre me pedem conselhos. Eis alguns conselhos para alguém que pretende organizar melhor seu hábito de leitura:


Ler é afiar o machado: cuidar das ferramentas não é opcional

Há uma história bastante conhecida segundo a qual perguntaram a Abraham Lincoln como ele faria se tivesse apenas seis horas para cortar uma árvore com um machado e sua resposta teria sido investir as quatro primeiras horas afiando o machado. Há controvérsias sobre a veracidade desta história, mas isso não vem ao caso. Entretanto, não podemos ignorar a sabedoria que está nesta história: se gastarmos mais tempo afiando nosso machado, nosso tempo de desgaste executando nosso trabalho será menor.


Eu entendo que vivemos uma época em que resultados rápidos e numerosos são o motivo de esperança e desespero de muita gente, mas um cuidado que precisamos ter é nos empenhar em qualificar melhor nosso modo de pensar, trabalhar e viver. Se entendemos isso, vamos compreender que o tempo dedicado à leitura não é perda de tempo, mas qualificação do nosso tempo.


Hoje exaltam as inúmeras possibilidades de curso on-line em que você pode aprender onde, quando e no ritmo que você desejar, mas não se pode esquecer que o livro é a primeira experiência de ensino à distância que conhecemos. No livro estão os anos de pesquisa, estudos e experiência do autor. No livro estão o cuidado de organizar as melhores ideias, na melhor disposição e com a melhor linguagem para que o leitor tire o máximo de proveito. Por isso, a leitura continua sendo ainda a melhor e mais acessível maneira de afiar nosso machado.


Nesse sentido, reconheça: ler deve ser prioridade porque quanto mais afiado estiver seu machado, melhor vai ser o desempenho do seu trabalho. Assim, priorize o hábito da leitura.


O tempo, o propósito e as anotações

Quando você entende que ler não é opcional, mas essencial, o modo como você vai distribuir seu tempo para ler vai ser mais fácil de organizar. Para isso, você precisa estabelecer três pontos importantes:


  • O tempo que você pode dispor: se são cinco minutos ou quinze minutos depende de você; é melhor você fechar o livro com vontade de ler mais um pouquinho e ficar intrigado com a continuação do texto do que o livro se fechar sozinho porque você caiu no sono. Estabeleça um tempo mínimo de leitura diária. Sim, diária. Dá uma forçadinha e qualquer coisa, considere pelo menos a maioria dos dias da semana.

  • Ter um propósito é importante: quero ler esse livro porque ele vai me ajudar a entrar em um assunto, vai me ajudar a recordar assuntos que não quero esquecer, vai me ajudar a encontrar novas perspectivas ou vai simplesmente me distrair das correrias do dia a dia. Conforme o propósito, você vai saber organizar seu ritmo e avaliar seus avanços. Saiba o que você quer e veja se está alcançando.

  • É essencial registrar alguma coisa daquilo que você leu. Não se assuste e não imagine que tenha que escrever muito. Se o livro é seu, grife as palavras, faça um asterisco na margem ou qualquer coisa que ajude você a identificar que nessa passagem tem algo importante. Não sai riscando tudo nem dizendo que tudo seja importante para lembrar depois. Isso não funciona. Se destacar muita coisa, talvez não se lembre de nada depois. E havendo um dia mais tranquilo, pare para anotar entre as várias coisas grifadas aquelas poucas ideias que merecem ir para o papel. Anote o mínimo, mas isso ajudará você fazer boas revisões quando for necessário.


Como escolher um livro?

Escolher um livro não é um bicho de sete cabeças. O bom senso já ajuda bastante. Você não precisa ser especialista no assunto para ter certeza que aquele livro será de valor para você como também não recomendo que você pegue qualquer livro para começar sua leitura. A menos que pegar qualquer livro para se expor a qualquer ideia e alargar algum horizonte seja seu propósito... Ao avaliar se o livro merece sua leitura, verifique essas coisas:

  • O título, subtítulo e o sumário do livro estão em sintonia? É verdade que muitas vezes o autor precisa colocar um título bem chamativo para despertar sua atenção, mas deve haver uma sintonia entre a capa do livro e os passos que ele pretende dar. A menos que seja um romance normalmente esses três elementos devem estar em harmonia de conteúdo.

  • Veja a proporção entre a extensão do livro e os assuntos a serem abordados. Muitas vezes encontramos um sumário generoso e um texto curto demais. Deve haver uma boa proporcionalidade entre os assuntos a serem conversados no livro e como eles vão ser abordados na sua extensão.

  • Quem é o autor? Qual sua formação? Qual sua atuação? Os dados sobre o autor são importantes, mas não digo que sejam os mais importantes. Mas se há dados na contracapa ou nas orelhas do livro, vale a pena ler com atenção e conhecer um pouco o autor.

  • Livro físico ou digital? Na minha opinião, tanto faz! O importante é você saber se você é um leitor físico ou digital... Porém, nos cinco a dez minutos que você for dedicar à leitura, tenha cuidado para não ser interrompido por mensagens ou notificações de outros aplicativos ou qualquer outra forma de distração.

Chegando ao final do artigo, agradeço sua atenção por aqui. Faltou alguma dica que você gostaria de acrescentar? Ou poderia sugerir alguma abordagem mais adequada? Deixe seus comentários! Eles ajudam muito.


Padre Cleiton Viana da Silva acompanha a Pastoral do Empreendedor, é autor do livro Empreenda com fé – chave espiritual para empreendedores. É pós-graduado em marketing e mídias digitais pela Fundação Getúlio Vargas, mestre e doutor em teologia moral (Academia Afonsiana/Roma), escritor pela Editora Paulinas e também autor independente. Siga-o no Instagram: @padrecleitonsilva

47 visualizações0 comentário