3 SEGREDOS SOBRE A FÉ – LIÇÕES DO EVANGELHO DE SÃO MARCOS

O caminho da fé ainda não foi asfaltado e quem oferece fórmulas mágicas para a fé certamente não o faz a partir do Evangelho. O Evangelho testemunha que tornar-se discípulo do Senhor é um processo longo, delicado e exigente que dura toda nossa vida.

O Evangelho insiste na dificuldade dos apóstolos de chegarem à fé e faz isso justamente porque é um texto inspirado por Deus e não pelas ilusões dos homens, porque é um texto para nos salvar e não para nos enganar, para nos mostrar um caminho e não para nos humilhar.


Imagem ou ícone de Cristo com o livro da Palavra, da sua Palavra, isto é, os Evangelhos
Ícone de Cristo

O caminho de fé dos discípulos foi difícil, mas eles o percorram e nós também podemos percorrer esse caminho. Mas precisamos conhecer três segredos, como aqueles segredos que nossa avó tinha para preparar a melhor comida do mundo. Muitos cozinham, mas como a nossa avó... não. Muitos têm fé, mas uma fé viva e vivificante nem sempre. É como cozinhar para sobreviver e cozinhar como nossa avó. A diferença é enorme, não é mesmo?

Quais são esses segredos para o fortalecimento da nossa fé?


Os segredos sobre a fé

1º segredo

Não tenha medo de perguntar ao Senhor. Ele quer iluminar você.

Os discípulos tinham medo de perguntar as coisas para Jesus (cf. Marcos 9,32). É óbvio que não tem sentido ter medo de perguntar a Jesus porque ele sempre fazia questão de ficar a sós com seus discípulos e explicar para eles seus ensinamentos (cf. Marcos 4,10-11).

Esse medo impedia que os discípulos conhecessem mais rápido a profundidade daquilo que Jesus fazia e ensinava. Coragem! Tem dúvida? Na oração peça que Ele o instrua.


Você costuma rezar e pedir a Deus que ilumine você nos seus momentos de angústia? É um cuidado seu com a fé procurar aprender mais, investir um pouco mais do seu tempo em conhecer sua fé ou se dedicar um pouco mais à leitura do Evangelho e ouvir o próprio Senhor?


2º segredo

A fé depende mais da nossa insistência, perseverança e paciência do que da nossa pressa ou desejo de ver tudo resolvido.

No Getsêmani, em meio à maior agonia de Jesus os discípulos adormecem. É como a gente: se rezamos e o coração não palpita, já achamos que Deus nem nos ouve. Claro que palpitação demais é melhor procurar o cardiologista... Mas Jesus os alerta: “Vigiai e orai para não cairdes em tentação: pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca.” (Cf. Marcos 14,38)